28/08/2018

Saiba como conferir a 13º parcela do seu INSS


Saiba como conferir a 13º parcela do seu INSS



Os segurados do INSS já podem conferir quanto vão receber na primeira parcela de 13º, que começou a ser paga na segunda-feira (27/08/18).
A consulta ao extrato com os valores foi liberada ontem e pode ser feita no site meu.inss.gov.br. Para isso, é preciso ter senha. O cadastro é rápido e o aposentado ou pensionista poderá conferir quanto irá sacar. 
Veja como se cadastrar e o que pode aparecer no extrato:
Para quem tem senha: 
  • Clique em “Fazer login” e, em seguida, informe o CPF e a senha
  • Depois, vá em “Não sou um robô” e em “Entrar”
  • Por último, clique em “Autorizo” e em “Consultar”
  • Aparecerá, então, o extrato de pagamento
Para quem não tem senha: 
  • Clique em “Fazer login” e, em seguida, em “Cadastre-se” 
  • Depois, vá em “Cadastre-se” novamente
  • Será preciso informar nome, CPF, data de nascimento, nome da mãe e estado de nascimento
  • O sistema irá pedir novos dados, informe-os e crie uma senha
  • Depois, com a senha em mãos, acesse novamenteo Meu INSS e faça a consulta ao extrato do 13º
Saiba o que conferir: 

Valor líquido: É o valor total que será pago ao segurado neste mês, somando benefício e 13º
Previsão de pagamento: É quando a grana deverá cair na conta
Competência:  É o mês a que se refere o pagamento A partir de segunda-feira, começará a ser paga a competência 8, referente a agosto
Códigos: 
101 -  Mostra qual o valor do benefício mensal
104  -  É onde está o valor da primeira parcela do 13º. Para quem já estava aposentado ou se aposentou em janeiro, equivale à metade do benefício mensal. Para os demais, o valor é proporcional ao número de meses em que recebeu o benefício neste ano
137 -  Nesse caso, o INSS fez um adiantamento para arredondar o valor final a ser pago
303 - É o bônus dado aos aposentados com mais de 65 anos para que tenham desconto menor do IR. No informativo dos mais novos não têm essa informação.

A primeira parcela do 13º deve ser igual à metade do benefício mensal para quem já estava aposentado no início deste ano ou antes. Para quem começou a ser beneficiário do INSS depois, a grana é proporcional.
Agora, não há cobrança do Imposto de Renda. Esse desconto para quem é obrigado a pagar IR é feito na segunda parcela, que cai na conta entre o final do mês de novembro e o início de dezembro.

Fonte Jornal Folha de SP – Cristiane Gercina

Subir