14/01/2015

Nova exigência para pensão por morte

A partir desta quarta (14)  será exigido um tempo mínimo de dois anos de casamento ou união estável para que o cônjuge possa receber a pensão. Começa hoje a valer a primeira mudança na pensão por morte, uma das alterações nos benefícios sociais anunciadas em dezembro pelo governo.

As medidas fazem parte de um esforço para diminuir os gastos do governo, que espera uma economia de R$ 18 bilhões neste ano entre todos os ajustes, os quais incluem seguro-desemprego, auxílio-doença e abono salarial.

Para saber sobre as mudanças veja imagem abaixo.

Fonte Folha de SP
Leia a matéria completa aqui
Subir