Nova exigência para pensão por morte

A partir desta quarta (14)  será exigido um tempo mínimo de dois anos de casamento ou união estável para que o cônjuge possa receber a pensão. Começa hoje a valer a primeira mudança na pensão por morte, uma das alterações nos benefícios sociais anunciadas em dezembro pelo governo.

As medidas fazem parte de um esforço para diminuir os gastos do governo, que espera uma economia de R$ 18 bilhões neste ano entre todos os ajustes, os quais incluem seguro-desemprego, auxílio-doença e abono salarial.

Para saber sobre as mudanças veja imagem abaixo.

Fonte Folha de SP
Leia a matéria completa aqui

0 comentários.:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso Blog. Deixe seu recado ou dúvida, logo responderemos. Lembre-se, respeitar o próximo é um dever que todos devemos ter. Obrigado e volte sempre!

Fanpage

Newsletter

Receba atualizações, novidades e dicas na área contábil direto em seu email gratuitamente!

Digite seu endereço de email no campo acima e clique em Receber.


Rua Orlando Pellicci, 245 casa 10
– Cidade Líder
CEP: 08280-650
São Paulo/SP
comercial@letcontabil.com.br
Fone:  (11) 2254-6741
Subir