Inflação oficial registra maior taxa desde 2005, diz IBGE

A inflação oficial medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) teve variação de 0,83% em janeiro, com aceleração ante o resultado em dezembro (0,63%), de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
É a maior taxa para o índice desde abril de 2005, quando houve variação de 0,87%.
No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA teve alta de 5,99%, acima dos 12 meses imediatamente anteriores (5,91%) e do centro da meta (4,5%). Em janeiro de 2010, o índice havia ficado em 0,75%.
Os grupos alimentação e bebidas e transportes foram os principais responsáveis pelo resultado de janeiro.
Os alimentos tiveram alta de 1,16%, com recuo ante dezembro (1,32%). A região metropolitana do Rio de Janeiro apresentou o maior resultado para esse grupo (1,86%) devido às chuvas que afetaram as lavouras em polos produtores da região serrana.
Alguns itens tiveram taxas de crescimento menos acentuadas de dezembro para janeiro, como refeição em restaurante (de 1,98% para 0,97%), frango inteiro (de 4,81% para 0,93%), carne seca (de 5,82% para 2,49%), açúcar cristal (de 2,06% para 1,59%) e leite pasteurizado (de 1,61% para 0,75%).
As carnes, que vinham liderando as maiores contribuições nos meses anteriores, apresentaram queda de 0,19% em janeiro, frente alta de 2,25% anteriormente.
A taxa dos produtos não alimentícios ficou em 0,73%, acima da variação de dezembro (0,42%). Com aumento de 4,13%, as tarifas dos ônibus urbanos foram responsáveis pelo maior impacto individual, refletindo aumentos nas regiões metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte e São Paulo.
INPC
O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) apresentou variação de 0,94% em janeiro, ante 0,60% em dezembro. Em 12 meses, o índice acumula alta de 6,53%, também acima dos 12 meses imediatamente anteriores (6,47%).
A variação dos produtos alimentícios foi de 1,02% em janeiro, enquanto os não alimentícios subiram 0,90%. Em dezembro, os resultados haviam ficado em 1,12% e 0,37%, respectivamente.

Fonte Folha Online

0 comentários.:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em nosso Blog. Deixe seu recado ou dúvida, logo responderemos. Lembre-se, respeitar o próximo é um dever que todos devemos ter. Obrigado e volte sempre!

Fanpage

Newsletter

Receba atualizações, novidades e dicas na área contábil direto em seu email gratuitamente!

Digite seu endereço de email no campo acima e clique em Receber.


Rua Orlando Pellicci, 245 casa 10
– Cidade Líder
CEP: 08280-650
São Paulo/SP
comercial@letcontabil.com.br
Fone:  (11) 2254-6741
Subir